Hyundai inicia vendas do novo HB20 no Brasil

A nova geração do HB20 começará a ser vendida a partir desta quinta-feira em todo o país. O carro é um dos maiores sucesso da Hyundai no país, e ganhou uma renovação no design, itens de segurança e na tecnologia. A proposta da marca é retomar um estilo mais esportivo, que a Hyundai chama de Esportividade Sensual.

Também está prometido um aumento no espaço interno e versões com motor 1.0l Turbo GDI, equipados com injeção eletrônica direta de combustível. Logo após o lançamento a empresa havia organizado um sistema de pré-vendas, iniciado na segunda quinzena de setembro. De acordo com nota lançada pela Hyundai, o site recebeu 1,7 milhão de visitas com registro de 70 mil interessados em comprar o novo modelo hatch. A empresa tenta inovar o sistema de vendas utilizando redes sociais para abocanhar uma fatia maior de mercado neste fim de ano. A comercialização será oferecida pelo Instagram e o WhattsApp oferecerá o serviço de cotação aos interessados.

Neste primeiro momento o modelo hatch terá sete versões: Sense (1.0l MT), Vision (1.0l MT, 1.6l MT e 1.6l AT) Evolution (1.0l MT e 1.0 Turbo GDI AT), Launch Edition (1.6l AT), Diamond (1.0l Turbo GDI AT) e Diamond Plus (1.0l Turbo GDI AT). O novo HB20 teve um aumento no seu espaço interno, com acréscimo de 30 mm entre-eixos e vão para pernas do banco traseiro foi aumentado 47 mm.

Quando o assunto é motor, a Hyundai aposta que o propulsor entregará 120 cavalos de potência, com torque máximo de 17,5 kgf.m logo aos 1.500 rpm. Com isso, os motoristas deverão ter uma aceleração mais eficiente facilitando ultrapassagens. Nas versões turbos, o carro terá um câmbio automático de seis marchas. A Hyundai investiu US$ 35 milhões no Brasil em 2019, passando a produção de 180 mil para 210 mil unidades por ano.

Kia espera vender 1,5 mil unidades do novo Cerato até o fim do ano

A Kia espera que o seu novo Cerato venda 1,5 mil unidades até o final do ano, com 500 carros emplacados em cada um dos últimos três meses de 2019. Para alcançar a meta a montadora apresentou um carro totalmente remodelado apostando em um design esportivo em contraste com o visual mais conservador dos concorrentes.

O sedã da Kia também ganhou em tamanho, aumentando o espaço e o porta malas, que passou para 506 litros. Quando o assunto é motor, as três versões do carro serão equipadas com o Nu-2, mesmo modelo flex que era utilizado na caminhonete Sorento. No sedã, a expectativa é que o propulsor 2.0 de 167 cavalos consiga entregar um desempenho ainda melhor com mais economia de combustível, por ter sido projetado originalmente para um veículo bem maior.

cerato 1
Aumento do espaço interno e do porta malas são alguns dos destaques do carro equipado com motor 2.0 Foto: Eduardo Amaral

Com câmbio automático de seis marchas nas três versões, o Cerato terá o preço de R$ 94 mil nas versões EX, e R$ 107 mil no modelo SX. Na parte interna o carro é equipado com seis airbags e uma central multimídia, além da chave de aproximação, tecnologia já utilizada em outros carros da marca.

Caoa Chery tem recorde de vendas por mais um mês

Em meio a crise econômica do país a Caoa Chery tem surfado acima dos problemas e registrou em julho um novo recorde de vendas. Foram 1,7 mil unidades vendidas no sétimo mês do ano, um crescimento de 11,87% em relação ao mês de junho, quando foram vendidos 1,6 mil veículos.

Na comparação com o mesmo período de 2018, a melhora nas vendas é de 147%, quando a montadora emplacou 727 veículos. O Tiggo 5x é o carro mais vendido da marca, que teve 644 unidades comercializadas em julho. O Tiggo 2 é o segundo, com 490 veículos vendidos no mês, seguido do Tiggo 7, com 317 carros comercializados, e pelo Arrizo 5, que teve 245 unidades emplacadas.

O CEO da Caoa Chery, Marcio Alfonso, diz que a estratégia de oferecer carros de alto valor agregado com preços competitivos é a responsável pelo bom resultado. Para Marcio Alfonso, CEO da CAOA CHERY, o bom desempenho da marca é resultado da estratégia de oferecer ao consumidor brasileiro veículos de alto valor agregado e extremamente competitivos. “Nossos modelos trazem hoje um nível altíssimo de tecnologia, design extremamente atraente e um conjunto de itens que vai ao encontro das necessidades do nosso cliente. Isso, aliado ao aprimoramento constante dos nossos serviços de venda e pós-venda tem colocado a CAOA CHERY como uma das marcas que mais tem se destacado no mercado nacional.”


CAOA Chery reduz preços após alta nas vendas do primeiro semestre

Os bons resultados do primeiro semestre levaram a CAOA Chery a criar condições especiais para melhorar ainda mais as vendas. Até o dia 20 de julho as concessionárias das terão ofertas especiais nos modelos Tiggo 2 e Arrizo 5.

A oferta para o Tiggo 2 é a venda com taxa 0% e parcela de 24 ou 60 vezes, nessa segunda categoria a parcela ficará em R$ 595. O Tiggo 2 foi o primeiro SUV da marca a chegar ao Brasil. O carro está sendo vendido a partir de R$ 60,4 mil e o seguro é de R$ 999, o qual pode ser parcelado em até oito vezes. Além disso a marca oferece bônus de R$ 2,5 mil pelo carro usado.

Já o Arrizo 5 está sendo vendido a partir de R$ 65,99 mil e também é vendido com tazz 0% em até 12 vezes. O seguro total do sedan é de R$ 1,19 mil, que também pode ser parcelado em oito vezes.

O Tiggo foi o carro mais vendido da pela CAOA Chery no primeiro semestre deste ano, com 3,3 mil unidades emplacadas. A fábrica chegou ao Brasil em 2017 após a CAOA adquirir 50% da Chery Brasil, e desde então vem tendo bons resultados nas vendas.

Vendas da CAOA Chery crescem mais de 200% em 2019

O primeiro semestre de 2019 foi de boas vendas para a CAOA Chery, que teve um crescimento de 276% nas vendas na comparação com o mesmo período do ano passado. Nos seis primeiros meses do ano a empresa emplacou 8,5 mil veículos, marca bem superior aos 2,2 mil registrados em 2018. Somente em junho, foram vendidas 1,6 mil unidades, 228% a mais do que no mesmo mês do ano anterior.

Mesmo com menos dias úteis em junho, a CAOA Chery manteve a 14ª posição no ranking de montadoras brasileiras, mantendo os 0,75% do mercado nacional. Os executivos da empresa atribuem o crescimento ao investimento feito no Brasil. No último ano a montadora trouxe quatro novos modelos de veículos para oferecer ao consumidor brasileiro. Além disso, também houve um incremento na rede de concessionárias e nos serviços de pós-venda.

O Tiggo 5X é o líder em vendas da marca desde o início da sua comercialização. Fora vendidas 665 unidades do carro apenas em junho, o que representa 40% do total de vendas da marca. Outro SUV da marca também tem destaque, o Tiggo 2, que lidera as vendas no acumulado do ano com 3,3 mil unidades emplacadas. A marca surgiu em 2017, quando a CAOA adquiriu 50% da Chery Brasil.