Toyota RAV4 é reprovado no Teste do Alce

A Toyota recebeu uma péssima notícia na semana passada, ao ter o seu RAV4 reprovado no chamado ‘teste do alce’, realizado pela publicação sueca Teknikens Värld. Ao analisar algumas unidades do novo SUV da montadora da japonesa, os suecos consideram que o carro teve um comportamento “perturbador”, como mostra o site autofoco.com.

O Teste do Alce é feito com o carro sendo colocado entre cones em uma velocidade entre 70 e 80 km/h. De acordo com a publicação “o SUV mostrou uma tendência a levantar as duas rodas exteriores e noutras o ESP não conseguiu controlar adequadamente os movimentos do veículo, resultando em sobreviragem excessiva, e muitas vezes falhou o teste.” A revista foi a primeira a, em 1997, mostrar as falhas da primeira geração do Mercedes Classe A, que também foi reprovado no teste.

O RV4 conseguiu cumprir as exigências do teste com uma velocidade de apenas 68 km/h, na comparação com os concorrente Nissan Qashqai e Kia Sorento o resultado foi bem abaixo. O primeiro cumpriu as metas com 84 km/h enquanto o segundo passou com 78 km/h.

Em nota enviada à revista a Toyota defendeu a qualidade do seu carro. No texto, assinado pelo diretor de comunicação da sede sueca da empresa, Erik Gustafsson, ela afirma que o RAV4 foi “aprovado em exames internos que permitem concluir sobre a sua aptidão no Teste do Alce. Os nossos testes internos atendem, na plenitude, aos padrões internacionais de segurança e, desde 2016, atualizamos os nossos processos para refletir também os procedimentos utilizados pela Teknikens Värld. Durante seu estágio de desenvolvimento, o RAV4 passou com sucesso em todos os testes internos, incluindo o ISO 3888-2 e o teste do Alce da Teknikens Värld”.