Caoa Chery tem recorde de vendas por mais um mês

Em meio a crise econômica do país a Caoa Chery tem surfado acima dos problemas e registrou em julho um novo recorde de vendas. Foram 1,7 mil unidades vendidas no sétimo mês do ano, um crescimento de 11,87% em relação ao mês de junho, quando foram vendidos 1,6 mil veículos.

Na comparação com o mesmo período de 2018, a melhora nas vendas é de 147%, quando a montadora emplacou 727 veículos. O Tiggo 5x é o carro mais vendido da marca, que teve 644 unidades comercializadas em julho. O Tiggo 2 é o segundo, com 490 veículos vendidos no mês, seguido do Tiggo 7, com 317 carros comercializados, e pelo Arrizo 5, que teve 245 unidades emplacadas.

O CEO da Caoa Chery, Marcio Alfonso, diz que a estratégia de oferecer carros de alto valor agregado com preços competitivos é a responsável pelo bom resultado. Para Marcio Alfonso, CEO da CAOA CHERY, o bom desempenho da marca é resultado da estratégia de oferecer ao consumidor brasileiro veículos de alto valor agregado e extremamente competitivos. “Nossos modelos trazem hoje um nível altíssimo de tecnologia, design extremamente atraente e um conjunto de itens que vai ao encontro das necessidades do nosso cliente. Isso, aliado ao aprimoramento constante dos nossos serviços de venda e pós-venda tem colocado a CAOA CHERY como uma das marcas que mais tem se destacado no mercado nacional.”


Fábrica da Ford em São Bernardo do Campo pode ser adquirida pela Caoa

Arrizo 5 é uma das apostas da Caoa Chery para o mercado de sedãs médios

O fechamento da fábrica da Ford, em São Bernardo do Campo, ganha um novo capítulo com a confirmação por parte do grupo Caoa – maior revendedora Ford da América Latina.

A Caoa foi a responsável por introduzir no país a marca Hyundai, a ponto de estabelecer em Anápolis-GO, uma planta de montagem de veículos da montadora coreana.

Recentemente o grupo adquiriu importante parcela da operação da chinesa Chery no Brasil, colocando no mercado quatro novos produtos em apenas um ano (o sedan Arrizo 5 e os SUVs Tiggo 2, Tiggo 5X e Tiggo 7), além de ampliar o parque fabril do grupo com a planta localizada em Jacareí-SP.

Em resposta ao questionamento feito pelo Na Garagem, a assessoria de imprensa da empresa respondeu:

A CAOA confirma que há conversas com a FORD e com o Governo do Estado sobre a aquisição da planta em São Bernardo do Campo. A FORD é uma marca que tem extrema importância no Brasil e no mundo – como se não bastasse, a CAOA tem uma forte parceria com a FORD há mais de 4 décadas, sendo até hoje a maior distribuidora da marca na América Latina.
Dessa forma, é natural que a CAOA e a FORD conversem sobre futuras negócios, assim como ocorre com outras empresas sempre que há uma boa oportunidade. Dito isso, até o momento não há nenhuma definição ou compromisso para a aquisição da planta.

A notícia é de certa forma um alento, pois certamente irá minimizar os impactos da demissão em massa provocada pelo fechamento da fábrica pela Ford, além de apontar para um claro otimismo dos investidores no mercado brasileiro de automóveis.

Para nós resta torcer para que o acordo seja selado e especular quais veículos serão produzidos na antiga fábrica da Ford.

Caoa Chery comemora lançamento de quatro carros em menos de um ano

A CAOA CHERY fecha seu primeiro ciclo de lançamentos comemorando o fato de ter apresentado quatro novos veículos ao mercado brasileiro em menos de um ano. Com uma estratégia agressiva, que teve início em março de 2018, com o lançamento do Tiggo 2, marcada pela grande oferta de modelos nacionais nos mais variados segmentos, a CAOA CHERY encerra a primeira quinzena de fevereiro com cinco modelos em seu portfólio: o compacto New QQ, o sedan Arrizo 5 e os SUVs Tiggo 2, Tiggo 5X e Tiggo 7.

O início do mês foi marcado ainda pelo ótimo desempenho da empresa em emplacamentos. Até o dia 15, 662 unidades haviam sido comercializadas, totalizando uma média diária de 60 carros. O market share da marca também segue em ascensão e já supera 0.7%. O destaque fica por conta do Tiggo 5X, apresentado em dezembro e que, sozinho, foi responsável por mais de 25% das vendas da quinzena.

O sucesso do Tiggo 5X, aliado a ótima receptividade dos clientes ao recém-chegado, Tiggo 7 já pode ser comprovado também pela curva de crescimento na interação do consumidor com a CAOA CHERY. A marca registrou na última semana um aumento de 98% nos atendimentos no SAC (Serviço de Atendimento ao Cliente) da CAOA CHERY em relação ao ano passado, assim como as interações do público com as mídias sociais da montadora. Os consumidores estão em busca de mais informações e detalhes sobre a nova linha de veículos.

Reforço no pós-venda

No último ano, além de apresentar ao mercado produtos com o mais alto nível de Qualidade, Tecnologia e Design, a CAOA CHERY reforçou seu serviço de pós-venda e atendimento ao cliente.

O novo centro de distribuição de peças, inaugurado em outubro com mais de 14 mil m² de área útil, passou a operar em dois turnos e incorporou novos sistemas para integração entre rede e montadora. A novidade também tornou possível agilizar a disponibilidade de componentes. A partir de agora, o tempo máximo de envio de peças para a concessionária, desde o pedido, é de 36h para o estoque normal, podendo chegar a 3h caso o veículo esteja parado.