Mustang ganha família elétrica que deve ser lançada em 2020 nos EUA

O clássico Mustang deu origem a uma família de carros esportivos que começam a ser apresentados pelo Mach-E. Esse passo faz com que o modelo deixe de ser apenas um esportivo dentro da Ford, e agora começa a ser apresentado uma linha com grandes mudanças em relação a história do carro, sendo um crossover elétrico, primeiro desse tipo produzido pela marca americana.

Em um vídeo do site Motor 1 são apresentados os detalhes do Mustang Mach-E. O site apresenta o sistema de abertura de portas, feito totalmente através de botões. O modelo não deixa a tradição de lado, trazendo elementos de design inspirados no Mustang tradicional. Entre os detalhes está o teto preto, o objetivo é dar aos motoristas a sensação de caimento coupé, mantendo o espaço interno para cabeça dos passageiros do banco traseiro.

Divulgação
Mustang elétrico deve chegar ao Brasil e a Europa em 2021, vendas nos EUA começa no ano que vem

A referência ao coupé não termina aí, já que os desenvolvedores apostaram em outros elementos, como as lanternas e a dianteira, mas que do lado de dentro se mostram individuais. No lugar dos painel de instrumentos e botões está uma tela de 15,5″. As baterias foram colocadas no assoalho, o que mantém um bom espaço interno. previsão é lançar oficialmente o Mustang Mach-E no Salão de Los Angeles.

O motor elétrico pode ser colocado no eixo traseiro, ou dois colocados cada um em um eixo. A potência do propulsor varia de 255 a 465 cavalos. A produção do carro será feita no México, e o carro deve chegar ao Brasil em 2021, de acordo com as previsões mais otimistas. Boa Estados Unidos o carro começa a ser vendido em 2020, e na Europa apenas em 2021. Confira aqui o vídeo que o site Motor 1 fez apresentando o carro.

Brasília inicia projeto de compartilhamento de carros

Depois de bicicletas compartilhadas, chegou a vez dos compartilhamento de carros chegar ao Brasil. Por iniciativa da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), 12 carros elétricos começaram a circular em Brasília na segunda-feira, 7, no modelo de compartilhamento. O site da Agência garante que até o fim do ano mais quatro veículos devem ser incorporados a frota, totalizando 16.

Neste primeiro momento os carros, todos elétricos, vão atender os servidores públicos da cidade, que terão a disposição 35 eletropostos para abastecer os veículos. Os locais tem capacidade para atender até dois veículos, e ficarão disponíveis para usuários comuns, que não são servidores públicos.

O projeto batizado de Vem DF (Veículo para Eletromobilidade) teve investimento de R$ 2,1 milhões. O compartilhamento será feito através do software MoVe, pelo qual será possível reservar os veículos disponíveis e rastreá-los. O desbloqueio será feito através de cartões dos servidores cadastrados no sistema. O modelo escolhido para o serviço é o Twizy, fabricado pela francesa Renault, com autonomia de até 100 km e chegam a velocidade de 80 km/h.

Porsche revela parte de seu novo carro

A Porsche apresentará o Taycan apenas no dia 4 de setembro, mas já começou a mostrar partes de seu carro totalmente elétrico. Por enquanto, os fãs da marca puderam ver apenas o interior do carro, já que a montadora apresentou apenas imagens do painel do veículo.

Mesmo com a pequena amostra, é possível ver que os alemães investiram pesado na tecnologia. O carro mostra quatro telas, um painel digital de instrumentos, sistema de entretenimento, visor de condições do tempo e um monitor colocado no lugar do passageiro. A partir dele será possível alterar as configurações do carro, dando mais liberdade ao motorista.

O sistema consiste em um visor anti reflexo de 16,8 polegadas, em um estilo minimalista. Nele estarão disponíveis quatro configurações: Classic, Map, Full Map e Pure. O primeiro é a original do carro, e as outras duas trazem informações de navegação. Já a configuração Pure é a mais “raiz” com informações básicas como velocidade, sinais de trânsito e navegação.

No painel de entretenimento, de 10,9 polegadas, será possível conectar smartphones, aplicativos de navegação, entre outras comodidades, tudo comando por voz. Mesmo sem ser mostrado, a porsche já anunciou que os bancos traseiros terão um painel de 5,9 polegadas com sistema touch screen. Mas até o dia 4 de setembro, essas devem ser as únicas revelações sobre o novo carro da Porsche.

Audi apresentará off road elétrico no próximo mês

A Audi Vai usar o Salão de Frankfurt, que acontece em setembro, para apresentar um estudo conceito de carro elétrico off road. Pela prévia apresentada pela montadora alemã até agora será um carro com linhas agressivas e com uma proposta bem diferente dos modelos atuais.

A montadora iniciou a linha de carros conceito em 2017, quando lançou o Audi AICON, que também foi apresentado no evento de Frankfurt, um dos maiores da área.

Lamborghini mostra parte do seu próximo super esportivo

A Lamborghini também vai utilizar o Salão de Frankfurt para apresentar suas novidades. E o que a fabricante italiana está preparando é um super esportivo elétrico com cerca de 1000 cavalos de potência. Mas isso, até o momento, é mais uma aposta de especialistas do setor automotivo do que algo confirmado pela marca.

Envolto em mistérios, o novo carro teve uma apresentou que pouco mostrou até agora, já que na imagem divulgada pela Lamborghini só é possível ver os faróis do veículo. A aposta de como será o veículo é baseada nas informações colhidas durante o verão europeu.

Uma das novidades já sabidas é que o novo carro conceito pode suceder o Aventador e deve ser inspirado no Terzo Millennio, o que aponta para mais um carro dentro da estratégia de criação de carros elétricos da empresa. A imagem divulgada até agora mostra os faróis em “Y”, o que mostra uma cópia do Millennio, lançado em 2017. A dúvida que paira é se o carro apresentado em Frankfurt será uma nova versão do Millennio ou o substituto do Aventador.

Hyundai apresentará carro elétrico para competições em setembro

Mais uma marca vai entrar nas competições de carros elétricos no mês de setembro. A Hyundai, atual líder de construtores no Mundial de Ralis (WRC), anunciou que apresentará seu modelo elétrico de competição durante a feira de Frankfurt, marcada para o próximo mês.

No comunicado oficial a empresa classificou o trabalho como um “projeto que vai promover uma nova era para o automobilismo na marca”.

A Hyundai diz que o processo de transição para elétricos em competições é um movimento natural. No comunicado a empresa também ressaltou os regulamentos esportivos que tem ido em direção a introdução de regulamentos elétricos e híbridos.

BMW revela os primeiros detalhes de seu SUV elétrico

A BMW está se preparando para começar a produção do iNEXT, seu modelo SUV totalmente elétrico. O carro entrará na linha de montagem a partir de 2021, mas já foi possível ver parte de como ele será. Isso porque a montadora revelou na semana passada as imagens do volante do carro.

O que os alemães mostraram até o momento é um volante semelhante aos utilizados nos modelos X3 ou X5. Porém, a montadora já deu indícios que deverá usar um modelo em formato poligonal para  iNEXT. A BMW diz que este formato é o ideal para combinar a condução normal e automática, possibilidades que estarão a disposição dos proprietários do SUV elétrico. Segundo os alemães, o condutor deverá perceber com facilidade a posição em que se encontram as rodas quando o carro muda de configuração, passando do automático para o manual.

Honda prepara plataforma de elétricos mundiais para 2025

A Honda prepara o lançamento de uma linha dedicada exclusivamente aos carros elétricos para atender consumidores de todo mundo. A montadora espera oferecer aos consumidores uma ampla gama de veículos que vão dos crossovers aos SUVs. Com a nova plataforma tecnológica a Honda poderá disponibilizar diversos tamanhos e tipos de de carroceria. Os veículos devem ser equipados com diferentes tipos de bateria e motores, e assim como outras experiências das fábrica, serão dotados de tração traseira.

Outra característica já testada em outros veículos da Honda é o motor instalado junto ao eixo posterior. A proposta dos engenheiros é que os carros tenham uma divisão de peso 50 a 50, para isso, em algumas versões deve ser adicionado um motor dianteiro que dará mais potência ao veículo.

Cupra apresenta parte de seu SUV elétrico

Uma fusão entre um crossover e um SUV é o que se pode ver das primeiras imagens do carro 100% elétrico da Cupra. A empresa apresentou em um teaser alguns elementos do carro, que será totalmente revelado em setembro durante o Salão de Frankfurt.

O Concept Cupra será uma versão esportiva do Seat Asteca, carro vendido na Europa. Na imagem oficial do SUV elétrico, foi possível perceber uma traseira limpa e sem escapamento, como todos os veículos elétricos. 

A Cupra é a marca esportiva da Seat, empresa que pertence a Volkswagen.

Toyota e Subaru farão SUV em parceria

Duas gigantes japonesas uniram forças para desenvolver veículos elétricos movidos a bateria (BEVs). A Toyota Motor Corporation (Toyota) e Subaru Corporation (Subaru) anunciaram nesta semana a união para projetos voltados à produção de veículos de passageiros de médio e grande porte além de desenvolverem um modelo SUV em conjunto, que deverá ser vendido sob a marca própria de cada empresa.

A Subaru traz para o projeto tecnologias importantes como a tração nas quatro rodas, utilizada há tempos pela empresa. Já a Toyota tem destaque na eletrificação de veículos. O desafio de criar produtos atraentes no mercado de elétricos.

Toyota e Subaru trabalham juntas desde 2005, quando as duas fecharam um acordo de colaboração comercial. As duas foram vêm estreitando os laços de cooperação ao longo dos anos, o que se estende para diversos campos, tanto de desenvolvimento, produção e de vendas. Um dos primeiros resultados foram as vendas em conjunto do Toyota 86 e do Subaru BRZ, em 2012. Outro momento da parceria foi o início das vendas do híbrido original (HEV) da Subtreu’s Crosstrain Hybrid nos Estados Unidos.

Para o projeto elétrico em conjunto as duas empresas criarão uma plataforma dedicada exclusivamente ao BEV. A ideia é que a plataforma seja utilizada em vários tipos de veículos.