Volkswagen anuncia investimentos milionários na área elétrica

O futuro da indústria automotiva é elétrico, cada vez mais essa tendência vai se confirmando com as grandes montadoras apostando forte no setor. O site Motor 1 trouxe a informação que de que os alemães mudanças em seus planos de curto e longo prazo, tudo para aumentar a eletrificação de sua linha de produção. Os primeiros investimentos, de 60 bilhões de euros, algo em torno de R$278 bilhões, serão feitos até 2024. Já a longo prazo o plano é apresentar, até 2029, 75 veículos elétricos e 60 híbridos.

A projeção dos alemães e bastante ousada, vender 26 milhões de unidades até 2029. Também vida que no mesmo período sejam comercializados seis milhões de híbridos, que serão montados em duas plataformas diferentes em 16 fábricas espalhadas pelo mundo.

É justamente para alcançar essa meta que a empresa decidiu investir pesado. O valor representa 40% dos investimentos totais feitos em equipamentos, custos de desenvolvimento, propriedades e complexos industriais.

A revisão do plano foi anunciada pouco depois da Volkswagen iniciar a produção do VW ID.3, o primeiro de uma série de elétricos planejados pela montadora. Antes mesmo do carro ganhar o mercado já iniciou os trabalhos de uma segundo modelo, um crossover chamado  crossover ID.4. O carro deve ser produzido nós Estados Unidos.

Além de entrar na nova era dos automóveis, a Volkswagen também investe pesado para melhorar sua imagem, que ficou bem arranhada após o escândalo do Dieselgate. Na ocasião foi descoberto que a empresa usou várias fraudes nos filtros para falsificar os testes de emissão de carbono. A prática foi entre 2009 e 2015, e até hoje rende multas à montadora na Europa.

Hyundai inicia vendas do novo HB20 no Brasil

A nova geração do HB20 começará a ser vendida a partir desta quinta-feira em todo o país. O carro é um dos maiores sucesso da Hyundai no país, e ganhou uma renovação no design, itens de segurança e na tecnologia. A proposta da marca é retomar um estilo mais esportivo, que a Hyundai chama de Esportividade Sensual.

Também está prometido um aumento no espaço interno e versões com motor 1.0l Turbo GDI, equipados com injeção eletrônica direta de combustível. Logo após o lançamento a empresa havia organizado um sistema de pré-vendas, iniciado na segunda quinzena de setembro. De acordo com nota lançada pela Hyundai, o site recebeu 1,7 milhão de visitas com registro de 70 mil interessados em comprar o novo modelo hatch. A empresa tenta inovar o sistema de vendas utilizando redes sociais para abocanhar uma fatia maior de mercado neste fim de ano. A comercialização será oferecida pelo Instagram e o WhattsApp oferecerá o serviço de cotação aos interessados.

Neste primeiro momento o modelo hatch terá sete versões: Sense (1.0l MT), Vision (1.0l MT, 1.6l MT e 1.6l AT) Evolution (1.0l MT e 1.0 Turbo GDI AT), Launch Edition (1.6l AT), Diamond (1.0l Turbo GDI AT) e Diamond Plus (1.0l Turbo GDI AT). O novo HB20 teve um aumento no seu espaço interno, com acréscimo de 30 mm entre-eixos e vão para pernas do banco traseiro foi aumentado 47 mm.

Quando o assunto é motor, a Hyundai aposta que o propulsor entregará 120 cavalos de potência, com torque máximo de 17,5 kgf.m logo aos 1.500 rpm. Com isso, os motoristas deverão ter uma aceleração mais eficiente facilitando ultrapassagens. Nas versões turbos, o carro terá um câmbio automático de seis marchas. A Hyundai investiu US$ 35 milhões no Brasil em 2019, passando a produção de 180 mil para 210 mil unidades por ano.

Kia espera vender 1,5 mil unidades do novo Cerato até o fim do ano

A Kia espera que o seu novo Cerato venda 1,5 mil unidades até o final do ano, com 500 carros emplacados em cada um dos últimos três meses de 2019. Para alcançar a meta a montadora apresentou um carro totalmente remodelado apostando em um design esportivo em contraste com o visual mais conservador dos concorrentes.

O sedã da Kia também ganhou em tamanho, aumentando o espaço e o porta malas, que passou para 506 litros. Quando o assunto é motor, as três versões do carro serão equipadas com o Nu-2, mesmo modelo flex que era utilizado na caminhonete Sorento. No sedã, a expectativa é que o propulsor 2.0 de 167 cavalos consiga entregar um desempenho ainda melhor com mais economia de combustível, por ter sido projetado originalmente para um veículo bem maior.

cerato 1
Aumento do espaço interno e do porta malas são alguns dos destaques do carro equipado com motor 2.0 Foto: Eduardo Amaral

Com câmbio automático de seis marchas nas três versões, o Cerato terá o preço de R$ 94 mil nas versões EX, e R$ 107 mil no modelo SX. Na parte interna o carro é equipado com seis airbags e uma central multimídia, além da chave de aproximação, tecnologia já utilizada em outros carros da marca.

Site russo coloca réplica do Batmóvel à venda

É provável que nove em cada 10 pessoas já tenha sonhado em dirigir o Batmóvel, o carro do homem morcego que por décadas passou por diversas mudanças, mas sempre esteve no imaginário da cultura pop. Pois agora quem quiser, e tiver 773 mil euros sobrando, poderá realizar esse sonho.

O site Aquela Máquina noticiou nesta semana que uma réplica do filme usado no filme Batman vs Superman será colocado a venda. O veículo começou a ser construído em 2018 nos Estados Unidos, mas foi finalizado na Rússia, país onde a venda está sendo feita.

Com motor a gasolina de 5.0 litros, o Batmóvel promete 502 cavalos de potência, e totalmente automatizado, tanto câmbio como portas. Se a ideia do comprador for combater o crime, ou ir a padaria com mais segurança, a garantia virá dos vidros blindados e do volante, removível, estilo competição. Além disso o veículo conta com uma câmera de visão noturna, com inteligência térmica e zoom de 225 vezes. O anúncio ainda promete vender o carro equipado com duas metralhadoras, falsas, que simulam disparos. Tudo para se sentir o Batman circulando em Gotham City, por apenas 773 mil euros.

Mercedes prepara série de lançamentos no Brasil

A Mercedes promete para novembro a chegada da nova geração do modelo GLC, que atualmente é vendido em quatro versões no país. De acordo com o Estadão, a versão 250 Highway virá equipada com motor 2.0 Turbo, o qual promete entregar 211 cavalos de potência. A motorização é a mesma já utilizada na versão Sport, porém esta tem um acabamento diferenciado.

O modelo esportivo 43 AMG, virá com o motor V6 turbo que entregará 376 cavalos de potência, enquanto o 63 AMG ficará equipado com um potente motor V8 com potência de 476 cavalos.

Toda essa potência tem um preço, mas a Mercedes ainda não definiu qual será. Devido a variação do dólar, a montadora alemã não definiu ainda quanto cobrará. O que se sabe é que deve ser mais caro que o atual, com custo de R$ 270,9 mil.

O GLC não é a única novidade da Mercedes a ser apresentada neste ano. No último trimestre deste ano chega ao mercado o GLE. Em março de 2020 é a vez de o Brasil receber o Classe A 45 S e o CLA 45 S. O GLB desembarca no país no segundo semestre do próximo ano.

Mercedes prepara carro conceito para evento de design

A Mercedes decidiu revistar o passado para o Design Essentials 2019, lançando um roadster futurista inspirado em um calhambeque do inícios do século XX. De acordo com o site Aquela Máquina, o Vision Mercedes Simplex foi inspirado no Mercedes 35 PS, carro criado em 1901, e funciona como uma homenagem aos carros de competição da marca.

O carro tem o objetivo de definir novos padrões de mobilidade. Além de lembrar o carro que dominou as pistas, a Mercedes também traz uma grelha em rosa dourado dando um ar esportivo. Na parte central há um visor digital que destaca o nome da marca, acompanhado a imagens animada com informações sobre o carro.

Tetracampeão de F1 com a Mercedes, o inglês Lewis Hamilton é um dos garotos propaganda do carro que remonta aos clássicos de competição da marca Foto: Divulgação

A carroceria do Vision tem quatro rodas independentes com pneus exclusivos. Mas quando o assunto é motor, a montadora alemã preferiu manter o mistério e não deu nenhuma informação sobre o mesmo. Especialistas europeus apostam que o carro sairá da fábrica com um motor elétrico.

Toyota RAV4 é reprovado no Teste do Alce

A Toyota recebeu uma péssima notícia na semana passada, ao ter o seu RAV4 reprovado no chamado ‘teste do alce’, realizado pela publicação sueca Teknikens Värld. Ao analisar algumas unidades do novo SUV da montadora da japonesa, os suecos consideram que o carro teve um comportamento “perturbador”, como mostra o site autofoco.com.

O Teste do Alce é feito com o carro sendo colocado entre cones em uma velocidade entre 70 e 80 km/h. De acordo com a publicação “o SUV mostrou uma tendência a levantar as duas rodas exteriores e noutras o ESP não conseguiu controlar adequadamente os movimentos do veículo, resultando em sobreviragem excessiva, e muitas vezes falhou o teste.” A revista foi a primeira a, em 1997, mostrar as falhas da primeira geração do Mercedes Classe A, que também foi reprovado no teste.

O RV4 conseguiu cumprir as exigências do teste com uma velocidade de apenas 68 km/h, na comparação com os concorrente Nissan Qashqai e Kia Sorento o resultado foi bem abaixo. O primeiro cumpriu as metas com 84 km/h enquanto o segundo passou com 78 km/h.

Em nota enviada à revista a Toyota defendeu a qualidade do seu carro. No texto, assinado pelo diretor de comunicação da sede sueca da empresa, Erik Gustafsson, ela afirma que o RAV4 foi “aprovado em exames internos que permitem concluir sobre a sua aptidão no Teste do Alce. Os nossos testes internos atendem, na plenitude, aos padrões internacionais de segurança e, desde 2016, atualizamos os nossos processos para refletir também os procedimentos utilizados pela Teknikens Värld. Durante seu estágio de desenvolvimento, o RAV4 passou com sucesso em todos os testes internos, incluindo o ISO 3888-2 e o teste do Alce da Teknikens Värld”.

Golf será o primeiro carro híbrido da Volkswagen no Brasil

A Volkswagen prepara o lançamento de 20 carros no Brasil até o próximo ano, e o 14 dessa gama de veículos será o Golf GTE no modelo esportivo híbrido plug-in. Este será o primeiro modelo híbrido produzido pelos alemães para o mercado brasileiro. A informação foi dada pelo site Auto Racing.

O carro se propõe a apresentar desempenho esportivo com eficiência energética. A montadora diz que o Golf GTE pode ser conduzido no modo totalmente elétrico por cerca de 50 km, e a autonomia total do carro pode passar os 900 km incluindo motor elétrico e a gasolina.

No modelo híbrido, o Golf terá um motor a combustão, que pode chegar até 150 cavalos de potência, e um propulsor elétrico com 75 kW de potência, o equivalente a 102 cv. Juntos os dois motores podem oferecer uma potência de até 204 cv, utilizando apenas o motor elétrico o carro pode atingir até 130 km/h. Caso o motorista opte por utilizar os dois sistemas combinados, o GTE vai de 0 a 100 km/h em 7,6 segundos.

O motor elétrico do carro é alimentado por uma bateria de 380 volts, garantindo que o carro rode por até 2h45min. Esta bateria pode ser carregada em uma tomada convencional de 220v ou nas estações de carregamento. A bateria de lítio de alta tensão é carregada através de soquete localizado atrás do logotipo VW na grade dianteira do carro. Ainda não há uma data oficial para o lançamento do carro que iniciará o processo de eletrificação da Volkswagen no Brasil.

Novos SUVs da Fiat terão motor turbo e câmbio CVT

Com novidades previstas para 2021, com o lançamento de novos SUVs – um compacto e outro baseado no conceito do Fastback (foto), apresentado no Salão do Automóvel de 2018, a Fiat anunciou também que trabalha no desenvolvimento de novos motores e câmbios, que serão turbo e CVT, respectivamente.

Os dois lançamentos serão de segmentos onde a marca ainda não está concorrendo, ou seja, abaixo do Jeep Renegade e logo acima do Jeep Compass.

Publicado originalmente no Jornal de Brasília

Hyundai apresenta partes do novo HB20

A Hyundai decidiu apresentar em partes a nova geração do HB20, o novo modelo do popular carro da marca sul coreana será lançado no dia 16 de setembro. Na segunda-feira a montadora colocou em suas redes sociais a primeira imagem do hatch compacto, que mostra o conceito de design de teto flutuante. 

O primeiro elemento a ser apresentado mostra a parte traseira do carro, dando uma pequena pista de como será o novo modelo. Outras imagens do HB20 serão divulgadas ao longo da semana. Os fãs da marca poderão ver as imagens do carro no perfil da Hyundai no Instagram, no @hyundaibr, no Facebook, facebook.com/hyundaibr, além do canal no Youtube, youtube.com/hyundaibr.

Na terça-feira foi apresentado o primeiro vídeo, que mostra detalhes do carro. Nas imagens a Hyundai mostra o farol, que chegará ao Brasil em um formato inédito, equipado com projetor light guide em LED.

Em 2012 a Hyundai desembarcou no Brasil investindo R$ 700 mil na fábrica de Piracicaba, em São Paulo. ALém da linha HB20, a montadora também oferece uma gama de outros veículos, como o SUV Creta, que é produzido em uma versão exclusiva no país desde 2017, que custou inicialmente US$ 130 milhões. Neste ano a empresa investiu mais US$ 35 milhões para ampliar a capacidade produtiva, que passou de 180 mil para 210 mil unidades por ano.