Pagani esgota vendas de superesportivo de mais de R$ 7 milhões

A marca italiana Pagani fez mistério por muito tempo, mas revelou nesta semana o seu Huayra Roadster BC, um conversível que terá produção baixa. Apenas 40 unidades sairão das fábricas de San Cesario sul Panaro, na província italiana de Modena.

O preço base do carro é alto, 3 milhões de euros equivalente a R$ 7,1 milhões, mas não espantou os clientes e o carro já está esgotado. A versão do superesportivo ganhou linhas mais elegantes, mas mantém a base a versão anterior que vinha equipada com uma carroceria cupê. A montadora escolheu um teto dobrável feito de fibra de carbono, um dos materiais mais utilizados no carro. A utilização do carbono permitiu uma redução de 30 quilos na relação com o modelo tradicional do Huayra Roadster, a nova versão pesará 1250kg.

Graças a uma parceria com a Mercedes, o carro italiano vem com coração alemão, um motor V12 de 6.0 litros que produz 802 cavalos de potência. Com esse propulsor o carro promete chegar aos 280 km/h e chega a 500 kg de força descendente. O Huayra Roadster é equipado com câmbio automático Xtrac de sete marchas e tração traseira. Mas, ao menos por enquanto, o público brasileiro não verá esta máquina rodando nas ruas e estradas do país, já que ele ficou restrito a outros mercados.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s