Fiat desiste de fusão com Renault

fiat-renault

Não passou de flerte a fusão entre Fiat e Renault, anunciada no fim de maio. Na semana passada o grupo italiano retirou a proposta de união das duas montadoras, proposta que criaria uma das maiores fábricas de carros do mundo.

O recuo foi definido após a reunião do  Conselho de Administração de administração da Fiat, liderada por John Elkann. No comunicado oficial da empresa a questão política foi apontada como motivo para desistência da fusão. “Tornou-se claro que as condições políticas em França não são favoráveis para que essa combinação prossiga com sucesso”. Uma parte da Renault é estatal, o que dificultou as negociações.

A proposta apresentada no mês passado previa que a nova empresa, advinda da fusão, teria o controle dividido pela metade por cada uma das montadoras.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s