Argentina mostra como um tanque de guerra pode ser um bom aliado contra a ignorância

Em tempos de desconstrução da história, uma iniciativa argentina, em prática desde 2004, colocou nas ruas um tanque de guerra com a missão de distribuir “projeteis de conhecimento”.

O seu criador, Raul Lemesoff, batixou o tanque de “arma de instrução maciça”, ao declarar guerra à ignorância, levando livros aos locais mais distantes do país.

Lemesoff fez o seu primeiro “tanque” de livros em 2001, quando vivia nos Estados Unidos, e construiu o seu segundo veículo quando regressou à Argentina. Em 2010, fez um terceiro “tanque” sob encomenda, para promoção de um festival literário na Holanda.

Mas é o seu segundo carro que continua a circular e a levar a alegria e o conhecimento a escolas e a populações desfavorecidas por toda a Argentina. Toda a superfície externa do veículo foi equipada para transportar cerca de 900 livros.

A “arma de instrução maciça” foi construída em cima do chassi de um Ford Falcon de 1979. Tem um motor de seis cilindros, com apenas 109 cv.

Não é preciso muito para levar conhecimento e instrução para quem busca subverter a lógica atual de desconstrução da história. Lemesoff que desenhou, montou e soldou o tanque na sua garagem afirma que “enquanto houver fome de conhecimento e de leitura, o tanque não vai parar”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s