Retrospectiva F1 2018: Parte 2

Para sagrar-se campeão da temporada 2018 Lewis Hamilton precisou conquistar 11 vitórias. Em seu currículo Hamilton acumula uma marca impressionante: Tem pelo menos uma vitória em cada uma das suas 12 temporadas de F1. Das suas 73 vitórias conquistadas até a temporada de 2018, em 47 ele também foi o pole position.
A Mercedes venceu 11 GPs também na temporada, todos sendo conduzida por Hamilton. Bottas ficou sem qualquer vitória, com marca inédita: tornou-se no primeiro piloto da Mercedes a terminar a temporada sem vitórias, desde Michael Schumacher em 2012. A Mercedes possui agora 87 vitórias no total, ultrapassando a marca de 81 da Lotus, ficando em 4º lugar, atrás de Ferrari (235), McLaren (182) e Williams (114). A Mercedes obteve 4 dobradinhas em 2018, Espanha, Alemanha, Rússia e Japão, alcançando a marca de 44 na história. Faltam apenas 3 para igualar a McLaren e as suas 47 dobradinhas. A Ferrari lidera com 83. Já os motores Mercedes obtiveram 173 vitórias ao longo da história. Tornou-se a 3ª marca de motores mais vitoriosa na F1. Passou em 2018 a Renault (168). A sua frente estão a Ford Cosworth (176) e a Ferrari com 236. Em Abu Dhabi, Hamilton registou a 1.000ª vitória de um piloto no mundial. De fato foi o 997º GP. Acontece que nos primeiros anos, os carros eram compartilhados e, portanto, há 3 vitórias em 1951, 1956 e 1957 que foram repartidas por 2 pilotos.
Desde 2007 a dobradinha entre Lewis Hamilton e Sebastian Vettel monopolizou os GPs. Foram 125 vitórias em um total de 229 disputas. Os pilotos no grid com mais GPs disputados e sem vitória são Nico Hulkenberg com 156, Romain Grosjean (143) e Marcus Ericsson, que sai da F1 com 97 GPs e sem vitórias. Mark Webber precisou de 130 GPs para vencer a 1ª corrida, Barrichello 124, Jarno Trulli 117, Jenson Button 113, Nico Rosberg 111, Giancarlo Fisichella 110, Mika Hakkinen 96, Thierry Boutsen 95, Jean Alesi 91, Eddie Irvine 81.
A concentração de vitórias se percebe também nas escuderias. Dos últimos 118 GPs, apenas 3 escuderias venceram. Mercedes 77, Red Bull 28 e Ferrari 13. A última vitória fora destas 3 escuderias foi o GP Austrália de 2013 com Kimi Raikkonen, com a Lotus.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s